quinta-feira, 21 de maio de 2009

BEM NEM TODOS NÓS GOSTAMOS DE RECORDAR A INFÂNCIA MAS PARA MIM FOI O MELHOR PERIODO DE MINHA VIDA POIS TIVEMOS UMA LIBERDADE QUE SOMENTE CIDADES INTERIORANAS OFERECEM ATUALMENTE.NÃO HAVIA O PÂNICO DA VIOLÊNCIA QUE HOJE TOLDA O CONVIVIO COM A NATUREZA COMO TIVEMOS EM NOSSO TEMPO PELOS ANOS 60 ONDE MOCINHAS DANÇAVAM A BOSSA NOVA,MAS EU SÓ QUERIA MESMO ERA ANDAR LIVRE PELOS CAMPOS E GRAMADOS,BRINCAR DE ESCONDER ENTRE ARVOREDOS,FAZER CABANAS PARA BRINCAR MESMO SABENDO QUE AO ACABÀ-LA LOGO TERIAMOS QUE DESTRUIR TUDO POIS JÁ SERIA HORA DE ENTRAR E RECOLHER-SE EM CASA.
UM DETALHE IMPORTANTE QUE NÃO HAVIA MENSIONADO AINDA;MINHA AVÓ CHAMAVA PARA DENTRO,FOI ELA QUE CUIDOU DE NÓS,MINHA IRMÃ E EU, QUANDO NOSSOS PAIS SE SEPARARAM.MINHA MÃE FOI EMBORA PARA A ARGENTINA COM UM OUTRO CARA, DEIXANDO-NOS COM A AVÓ.MEU PAI ERA UM HOMEM BRONCO,SEM CULTURA NENHUMA,ANALFABETO E LOGO DEPOIS DE TER SIDO ABANDONADO POR MINHA MÃE,ANDOU ERRANTE POR AI,SEM EIRA NEM BEIRA,UM ANDARILHO...
O FANTASMA DE MINHA MÃE ASSOMBRAVA MINHA VIDA POIS CADA ERRO COMETIDO POR NÓS DUAS ÉRAMOS AMEAÇADAS DE SER DEVOLVIDAS PARA NOSSA MÃE,QUE REPRESENTAVA UMA FIGURA DISTANTE ,UMA ESTRANHA NA VERDADE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário